Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal
Navegar para Cima
Procedimento General de Carga
  

1. Desenhar um plano de estoque em um papel para gráficos. Isto lhe ajudará a realizar mais facilmente a operação de carregar e preencher o container até a sua capacidade máxima. Não se esqueça que as aberturas das portas são menores que as dimensões internas do container. Considere as restrições de peso do container, além das aplicadas pelas autoridades pertinentes ao trajeto da viagem.

 

 

2. Ao colocar diferentes produtos em um mesmo container, levar em conta os possíveis danos devido a olores, umidade, pó e calor, além de embalagens insuficientes ou inadequadas. Cumpra com todas as regulamentações para cargas perigosas.

Necessita-se incluir embalagens que contenham líquidos junto com outro tipo de carga, sempre estocar os produtos líquidos sobre os produtos secos, separados por materiais isolantes e de recheio. Além disso, assegurar-se de colocar materiais absorventes (como pó de serra) embaixo dos produtos líquidos.​

3. A carga deve ser distribuída uniformemente sobre o piso do container. De outro modo, se poderia colocar em perigo aos trabalhadores e o equipamento. O centro longitudinal de gravidade do container não deve ter um momentum horizontal superior a 10 toneladas por metro. Este é o limite máximo para os elevadores e outros equipamentos de manejo de carga na maioria dos terminais.

4. Sempre trate de manter o centro de gravidade tão baixo quanto possível. Evite as concentrações de peso. Os objetos com bases pequenas devem ser montados sobre placas, marcos ou plataformas recheadas para distribuir seu peso em uma superfície ou piso maior.

5. Quando se devam estocar diferentes artigos em um mesmo container, os mais leves (menos densos) devem colocar-se mais altos, nunca ao revés. Lembre-se sempre de separar a carga em capas, usando recheio (madeira compensada, etc.) entre as capas quando seja necessário.

 

 

 

6. Deve comprovar-se a firmeza de todo o material de embalagem e para rechear. Também deve estar desenhado para evitar danos aos produtos e equipamentos. Mantenha os diferentes tipos de embalagens por separado. Por exemplo, nunca embale objetos de madeira e pontiagudos perto de caixas de cartão se não existe suficiente material de embalagem entre eles. Os produtos com partes salientes, ângulos agudos ou bordes afiados teriam que ser colocados separadamente dos sacos e fardos com superfícies comparativamente macias. Inclusive os containeres com embalagens mais firmes podem ser prejudicados devido a possíveis abrasões durante o transporte. Nunca estoque produtos com embalagens deterioradas, mesmo quando o dano pareça menor. As embalagens deterioradas devem ser deixadas de lado antes de serem estocadas e registradas na documentação. Antes de carregar tambores o os barris em um container, devem assegurar-se de que estes não tenham vazamentos. Sempre devem ser colocados com a abertura para cima.

7. Alguns tipos de produtos deveriam ser estocados de acordo com o tipo de equipamento de descarregamento disponível. Os rolos de papel, por exemplo, deveria ser estocados em forma vertical no caso de serem descarregados com uma grua empilhadeira.

 

8. Evite os espaços vazios dentro do container. Em caso de que não se possa evitar, faça o possível para deixar o espaço livre no centro e coloque pontais.

9. Para afirmar use tiras e blocos de madeira. Para as amarrações, use cordas ou correntes de aço ou sintéticas. Não use parte da carga como recheio de outra, a menos que ambas sejam completamente compatíveis. Para estabilizar, use tiras y blocos de madeira. Para as amarras, use cordas o as cadeias de acero o sintéticas. No use parte da carga como recheio de outra, a menos que ambas sejam completamente compatíveis.

10. Ao usar gruas de força use madeiras o pallets para facilitar a manipulação das caixas que não estejam asseguradas com calces. Se devem colocar madeiras em baixo de cada capa de carga, na longitude total do container. Isto também deve ser feito com os fardos, para evitar os danos no manejo da carga. Ao usar gruas empilhadeiras use madeiras o pallets para facilitar a manipulação das caixas que no estejam previstas de calces. Devem-se colocar madeiras baixo cada capa de carga, na longitude total do container. Isto também deve fazer-se com os fardos, para evitar dano na manipulação.

11. Para evitar que a carga se desloque dentro do container, além de evitar os vazamentos e assegurar uma distribuição correta do peso, deve-se colocar recheio entre a carga e o piso. Sempre que seja possível, a carga empilhada deve ser unida como os tijolos de uma parede, a fim de proporcionar um apoio simples. Para evitar que a carga se deslize dentro do container, além de evitar as fugas y assegurar una distribuição correta do peso, se deve colocar recheio entre a carga e o piso. Sempre que seja possível, a carga empilhada deve ser unida como os tijolos numa parede, a fim de proporcionar um auto-apoio simples.

12. Não se esqueça que a carga está sujeita as sacudidas e vibrações durante o transporte, fazendo com que os sacos e volumes se acomodem, soltando as cordas que as sujeitam.

13. Para uma adequada segurança a bordo seu container deveria ser carregado adequadamente, usando uma quantidade suficiente de sujeições em seu interior. Para una adequada seguridade a bordo seu container deviera ser carregado adequadamente, usando una quantidade suficiente de sujeições interiores.

 

14. A carga sujeita á regulamentações alfandegárias deveria ser colocada perto da porta, para facilitar sua inspeção. A carga sujeita as regulamentações alfandegárias deviera ser colocada perto da porta, para facilitar sua inspeção.

15. Assegure cuidadosamente todos os produtos estocados no extremo das portas, para evitar que se desloquem ou caiam ao abrir as portas.

 

16. Quando se tenha completado a carga, fechar firmemente as portas do container e selar-las. Registrar o número do selo para futuras referencias. Quando se tenha completado a carga, fechar firmemente as portas do container y selá-las. Registrar o número do selo para futuras referencias.


 

 

 ​​